O que intenciona nossa vontade

O que intenciona nossa vontade
Em nosso "delírio" de mudança de vida naquele ano de 2009, estávamos despojados do que queríamos deixar pra trás, como memória, em razão da promessa que fazíamos a nós mesmos ao buscar uma vida melhor. Essa história é doação a essa realidade. Refazê-la à letra, é mergulhar na experiência com que foi vivido o momento: rever as imagens traz muito de uma percepção, hoje, interpretada inocente à busca que empreendíamos à época, mesmo lá agindo com margem de segurança, mas sendo visivelmente um processo de desprendimento em relação aos sete anos anteriores a nossa vida, ou mais exatamente do ano de 2002 em diante, e a partir do momento em que Ana Balesca e eu nos conhecemos pela internet.
Hoje, mais de dez anos depois de todo esse percurso, já se avista maior horizonte a respeito dessas mudanças.
De nosso diário de bordo, 24 de novembro de 2015.

 

Divulgue!

No Comments

Post a Comment